Europa e Direitos Humanos: “Portugal recebeu muito poucos refugiados”

Europa e Direitos Humanos: “Portugal recebeu muito poucos refugiados”

“Portugal não fez tudo o que podia para acolher refugiados”, defende Pedro Neto. Em entrevista ao ID-Europa, o diretor executivo da Amnistia Internacional considera que o país não apostou em apresentar-se como um país acolhedor e que, como tal, contribuíu para deixar as responsabilidades apenas a Itália e a Grécia.

A postura europeia durante o acolhimento de refugiados foi um dos temas da entrevista, em que se falou também sobre a pena de morte. A Bielorússia é o único país da Europa que ainda mantém esta punição e a União Europeia “pode e deve” ser influência para que essa deixe de ser uma prática, defende. Pedro Neto considera que é possível fazer mais pelos Direitos Humanos na Europa. Veja a entrevista, em baixo.

 

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.