3 notas do discurso de Greta Thunberg no Parlamento Europeu

3 notas do discurso de Greta Thunberg no Parlamento Europeu

Greta Thunberg acaba de falar no Parlamento Europeu, numa sessão da Comissão Parlamentar de Ambiente, Saúde Pública e Segurança Alimentar. O discurso deveria ser ouvido por todos. Começa assim:

“O meu nome é Greta Thunberg, tenho 16 anos, venho da Suécia, e quero que entrem em pânico.”

Têm o discurso completo, que dura cerca de 12 minutos e meio, aqui abaixo. Recomendo vivamente que o ouçam. Mas deixo-vos um resumo em torno de 3 notas que marcaram a intervenção.

O “colapso climático”

A primeira nota vai para a urgência com que o problema precisa de ser resolvido. É também assim que a Greta começa: “Around the year 2030, 10 years, 259 days and 10 hours away from now, we will be in a position where we set off an irreversible chain reaction that will most likely lead to the end of our civilization as we know it. That is unless in that time permanent and unprecedented changes in all aspects of society have taken place.”

Se não agirmos, se não mudarmos, se não fizermos um esforço – e esta questão é crucial, vamos ter mesmo de fazer um esforço – a nossa civilização não existirá mais tal como a conhecemos hoje.

Se pretendem conhecer as consequências, aconselho o livro “The Unhabitable Earth”, de David Wallace-Wells.

 

A base comum da humanidade: a ciência

Depois de apresentar dados aterradores sobre o que estamos a fazer ao planeta, Greta deixa o lembrete. “Estes cálculos e previsões não são opiniões ou palpites. Estas projeções são baseadas em evidência científica apoiada por todos os países através do IPCC [Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas, das Nações Unidas].”

Se a ciência é clara, o que nos impede de agir? “Unam-se em torno da ciência. Coloquem a melhor ciência disponível no centro da política e da democracia”.

 

O falhanço das lideranças políticas

“A nossa casa está a cair aos pedaços, e os nossos líderes precisam de atuar perante o problema.”

Apesar de todo o discurso em torno das alterações climáticas, os cenários não estão melhores. Continuamos a atingir todos os dias concentrações recorde de gases na atmosfera, continuamos a gastar os recursos do planeta. “Todos e tudo precisa de mudar, para quê perder tempo a discutir sobre o quê e quem deve mudar primeiro? Todos e tudo precisa de mudar, mas quanto maior o teu palco, maior a tua responsabilidade.”, disse Greta aos líderes europeus. Deixou ainda um recado a alguns partidos: “Li que alguns partidos não me queriam aqui hoje porque estão desesperadamente a evitar falar sobre o colapso climático.”

A mensagem final de Greta é clara: “Peço-vos que acordem e tornem possível a mudança necessária. Fazer o vosso melhor não é mais suficiente. Temos de fazer aquilo que é aparentemente impossível.”

Leave a Reply

Your email address will not be published.